Reforma Administrativa quer destruir direitos garantidos na Constituição

Reforma Administrativa quer destruir direitos garantidos na Constituição

Reforma Administrativa quer destruir direitos garantidos na Constituição

⚖ Nossa Constituição Federal de 1988 não é conhecida como “Constituição Cidadã” por acaso: redigida após o fim da ditadura militar, a carta magna brasileira garantiu direitos fundamentais aos brasileiros e desenhou um Estado atuante para garantir o bem-estar social à população.

💣Por isso é atacada pelo governo de Jair Bolsonaro, que quer entregar o patrimônio estatal e os serviços públicos para a iniciativa privada, destruindo direitos básicos como educação, saúde, etc.

É o caso da Reforma Administrativa (PEC 32/2020) que, além de retirar direitos dos servidores públicos, contraria totalmente o espírito de nossa Constituição e sua definição do papel do poder público – que seria precarizado e cada vez menos profissionalizado (inclusive pela possibilidade de contratações temporárias por até 10 anos).

❗ Para agradar o mercado e buscar sua reeleição, Bolsonaro quer uma Reforma Administrativa que destrói os serviços públicos e os direitos dos brasileiros também!