Reforma Administrativa não trata do teto salarial dos servidores públicos

Reforma Administrativa não trata do teto salarial dos servidores públicos

Reforma Administrativa não trata do teto salarial dos servidores públicos

🤥 Os defensores da Reforma Administrativa (PEC 32/2020) mentem ao dizer que o projeto vai acabar com “supersalários”.

🧐 A proposta do governo não trata sobre o teto do funcionalismo, isto é, o máximo que os servidores podem receber – que é definido pela Constituição – ou sobre regras em relação a isso.

O governo não quer mexer com as carreiras que recebem salários mais altos (e que são minoria), como os magistrados (juízes, desembargadores e ministros de cortes superiores), por exemplo.

👷‍♂️ De forma geral, não há privilégio entre os servidores, que são concursados e em sua maioria ganham até R$ 2.727,00 para desempenhar funções essenciais para a população.

😤 Portanto, aqueles que atacam os servidores desconhecem a realidade do funcionalismo, já que mais de 60% atuam nas áreas de saúde, educação e segurança, sob condições precárias e salários baixos.

#serviçopúblicoparatodos #ServiçoPúblico #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão #PEC32Não