Reforma Administrativa: carta branca para as carteiradas

Reforma Administrativa: carta branca para as carteiradas

Reforma Administrativa: carta branca para as carteiradas

🤨 Dar uma carteirada é usar o “poder” (social, político, econômico etc.) para obter privilégios.

A mais conhecida é a “Você sabe com quem está falando?”, usada por aqueles que desejam escapar de uma fiscalização, descumprir regras, e cometer outros tipos de abusos.

🛡 Na função pública, a estabilidade protege os servidores e a sociedade contra abusos como a carteirada.
Com a estabilidade, funcionários públicos podem fiscalizar o Estado, fazer denúncias e cumprir suas funções sem medo dos “poderosos” (como políticos e governantes abusivos).

🚨 Porém, se a estabilidade acabar, a corrupção vai rolar solta, assim como as humilhações e perseguições, os assédios (moral e sexual), as carteiradas e todo tipo de atitude típica daqueles que se sentem imunes às leis.

Esse é um dos principais objetivos da Reforma Administrativa (PEC 32/2020), e por isso precisamos barrá-la.

⚠ Acabar com a estabilidade vai institucionalizar a carteirada, e destruir os serviços públicos e as bases da nossa sociedade. Não podemos permitir!

 

#ReformaAdministrativaNão #GovernoContraoPovo #GovernoMente #DefendaoServiçoPúblico #PEC32Não #ServiçosPúblicos