Estabilidade garantiu que servidor denunciasse ministro (que caiu por corrupção)

Estabilidade garantiu que servidor denunciasse ministro (que caiu por corrupção)

Estabilidade garantiu que servidor denunciasse ministro (que caiu por corrupção)

O governo de Jair Bolsonaro quer aprovar a Reforma Administrativa para acabar com a estabilidade dos servidores públicos porque ela é uma das principais barreiras contra a corrupção.

👏 Ricardo Salles, que era ministro do Meio Ambiente, pediu demissão após ser denunciado por um servidor público por organização criminosa, advocacia administrativa e obstrução de fiscalização em um esquema que envolvia desmatamento ilegal, grilagem de terra, fraude em escrituras e exploração madeireira em áreas de preservação permanente.

O servidor, que é delegado da Polícia Federal, foi perseguido e até perdeu o cargo de superintendente da PF do Amazonas, mas não foi demitido porque tem a proteção da estabilidade.

👉 Isso prova que a estabilidade não é um privilégio, mas uma garantia de que os servidores públicos podem proteger os interesses da sociedade sem sofrer demissões injustas.

💰 Logo, os gestores e políticos (presidente, ministros, deputados, governadores, prefeitos, secretários etc.) são fiscalizados com rigor.

📣 Barrar a PEC 32 é impedir que a corrupção se torne padrão no poder público.

#ReformaAdministrativaNão #GovernoContraoPovo #GovernoMente #DefendaoServiçoPúblico #PEC32Não #ServiçosPúblicos

 

Compartilhe no Facebook | no Instagram