Em 2021, Brasil piorou duas posições em ranking internacional de corrupção

Brasil ranking internacional corrupcao - Em 2021, Brasil piorou duas posições em ranking internacional de corrupção

Em 2021, Brasil piorou duas posições em ranking internacional de corrupção

🥳 Em março deste ano os brasileiros viram o governo de Jair Bolsonaro envolvido em mais um enorme escândalo de corrupção: um esquema de cobrança de propina no Ministério da Educação (MEC), que incluía pedidos de barras de ouro.

🤕 Quem operava o esquema eram pastores que não tinham cargo oficial no governo. Esse caso é mais uma prova de que colocar pessoas sem concurso dentro do poder público aumenta os riscos de corrupção porque, via de regra, os esquemas são feitos por apadrinhados políticos ou por intermediários (como neste caso).

Se hoje isso já é um grande problema, imagine com a Reforma Administrativa, que o governo quer implementar para facilitar a entrega de cargos para apadrinhados.

😮 Esse grande esquema de propinas em troca de favores e de liberação de recursos no MEC, com envolvimento direto do ministro Milton Ribeiro, que disse que o próprio presidente Jair Bolsonaro mandou atender aos “pedidos especiais” dos tais pastores. O caso precisa ser investigado com profundidade. Mas ele já comprova que a corrupção está institucionalizada no atual governo.

😤 Divulgado pela organização Transparência Internacional, o Índice de Percepção da Corrupção revelou o Brasil na 96ª posição entre os 180 países avaliados em 2021 – uma queda de duas posições em relação à 2020. Desde a posse de Bolsonaro, o Brasil só vem piorando. Se depender do governo, com certeza o Brasil ainda vai a cair muito mais neste ranking.