Acabar com privilégios é garantir serviços públicos de qualidade para todos

Acabar com privilégios é garantir serviços públicos de qualidade para todos

Acabar com privilégios é garantir serviços públicos de qualidade para todos

🙄 Os defensores da Reforma Administrativa (PEC 32/2020) mentem dizendo que ela serviria para “acabar com privilégios”. Na verdade, seu objetivo é acabar com os serviços públicos que são necessários para a população.

➡️ Servidores públicos não têm privilégios: desempenham funções essenciais na saúde, educação, segurança, etc., são concursados e em sua maioria ganham até três salários-mínimos.

🤯 Quem está acostumado com “mamata” é o presidente, que recentemente aumentou seu próprio salário e garantiu supersalários para sua equipe (acima do teto constitucional), e os militares que ele alimenta para se manter no poder.

😠 Sabe quem possui privilégios de verdade? As camadas mais ricas, que pagam proporcionalmente menos impostos que os mais pobres, fora os grandes empresários e o agronegócio, que recebem centenas de bilhões de reais em isenção de impostos todos os anos.

💎 E o sistema financeiro (de onde veio o ministro da Economia, Paulo Guedes), que consome quase metade do orçamento federal todo ano.

😓 Enquanto isso, a falta de investimento de governantes em serviços e políticas públicas geram sofrimento para milhões de brasileiros.

😶 Quem está realmente preocupado em acabar com “privilégios” deveria trabalhar para que todos tenham acesso a seus direitos, e não apenas as camadas mais ricas, que continuam sendo privilegiadas.

💣 Aprovar a Reforma Administrativa só contribuirá para a destruição dos serviços públicos e do futuro do Brasil!

#ReformaAdministrativaNão #GovernoContraoPovo #GovernoMente #DefendaoServiçoPúblico #PEC32Não #ServiçosPúblicos #EnterraPEC32